Informação é a grande chave para ter sucesso dentro do mercado de leilões. Se você pretende investir e ter retorno, é fundamental levantar todos os dados sobre o bem a ser arrematado em um leilão.

Dessa forma, o arrematante precisa, antes de partir para os seus lances, fazer uma vistoria do produto que pretende comprar em um leilão. Porém, será que isso é possível?

Uma grande dúvida dos futuros arrematantes é sobre a possibilidade de poder avaliar o bem antes do leilão. Essa opção estará descrita no edital. Então, antes de mais nada, leia, com bastante atenção esse documento.

 

Quer aprender mais sobre leilões? Como ter lucro com os produtos da Receita Federal
Aprenda como comprar carros economizando 50% através do mercado de leilões
Descubra como ter uma alta rentabilidade dentro do mercado de leilões

 

É muito importante que, caso seja permitido, você realize uma visita ao bem. Quando o assunto é veículo, geralmente, os automóveis e motos ficam disponíveis para visita em uma área da própria casa de leilão. ⠀

Nesse caso, o arrematante pode fazer uma avaliação prévia do bem, de acordo com as regras de cada casa de leilão. Nessa visita, o participante já pode ter ideia de quanto terá que gastar com a manutenção do veículo após o arremate. Essas informações são fundamentais para planejar os lances e determinar o valor máximo a ser investido para arrematar o bem. ⠀

Já em leilões de imóveis, tudo vai depender se o bem está ou não ocupado. Caso esteja desocupado e a casa de leilão tenha a chave do imóvel, nada impede uma visita para a avaliação do bem. Porém, mesmo com um local ocupado, é possível analisar fatores externos do imóvel, como fachada, estilo do prédio e/ou da casa em questão, além do entorno do bem. ⠀

As visitas nos imóveis, geralmente, ocorrem um dia antes da data marcada para o leilão. No caso de bens móveis, elas costumam ocorrer no mesmo dia do leilão caso o produto esteja na posse do leiloeiro.